covinhas
uma jornalista, a paixão pela escrita...e o sítio perfeito para despejar milhares de caracteres
quinta-feira, novembro 17, 2005
O que há em mim é sobretudo cansaço

O que há em mim é sobretudo cansaço
Não disto nem daquilo,
Nem sequer de tudo ou de nada:
Cansaço assim mesmo, ele mesmo,
Cansaço.
A subtileza das sensações inúteis,
As paixões violentas por coisa nenhuma,
Os amores intensos por o suposto alguém.
Essas coisas todas -
Essas e o que faz falta nelas eternamente -;
Tudo isso faz um cansaço,
Este cansaço,
Cansaço.
Há sem dúvida quem ame o infinito,
Há sem dúvida quem deseje o impossível,
Há sem dúvida quem não queira nada -
Três tipos de idealistas, e eu nenhum deles:
Porque eu amo infinitamente o finito,
Porque eu desejo impossivelmente o possível,
Porque eu quero tudo, ou um pouco mais, se puder ser,
Ou até se não puder ser...
E o resultado?Para eles a vida vivida ou sonhada,
Para eles o sonho sonhado ou vivido,
Para eles a média entre tudo e nada, isto é, isto...
Para mim só um grande, um profundo,
E, ah com que felicidade infecundo, cansaço,
Um supremíssimo cansaço.Íssimo, íssimo. íssimo,
Cansaço...

Álvaro de Campos
posted by covinhas @ 5:20 da tarde  
7 Comments:
Enviar um comentário
<< Home
 
Sobre mim...

Name: covinhas
Home:
About Me:
See my complete profile
Covinhas antigas
Baú das Covinhas
Leitura obrigatória
  • jornal de notícias
  • diário de notícias
  • público
  • sic
  • rtp
  • portugal diário
  • tsf
  • notícias de aveiro
  • terra nova
  • oln
  • Covinhas amigas
  • Ex-Solteirão
  • Didas
  • Girassol
  • Papa Urso
  • K@
  • Comercio do Porto
  • Inclito
  • AAS
  • Divas
  • Vento na Praia
  • Vento na Praia- a lojinha
  • Borboleta de Canela
  • Magico
  • Notas entre Aveiro e Lisboa
  • Amor Maior
  • Horas Negras
  • Confraria das Bifanas
  • Já Agora
  • Cá dentro e lá fora
  • Ruas da amargura
  • Boblog
  • Chocolate à chuva
  • Mundo ao contrário
  • Olhares
  • Powered by

    15n41n1

    BLOGGER